.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 7 de fevereiro de 2015

RESENHA #1 : OURO, FOGO & MEGABYTES, DE FELIPE CASTILHO


Ficha Técnica

Título Original: Ouro, Fogo & Megabytes  (Skoob)
Série: O Legado Folclórico - Livro 1
Autor: Felipe Castilho
Editora: Gutenberg - Grupo Autêntica
Ano: 2012
ISBN: 9788565383134
Páginas: 288
Formato: 16,9 X 24,2 cm
Acabamento: Brochura
Gênero: Ficção, YA (Young Adult)




Sinopse

Como esconder uma suspensão escolar dos pais, resgatar uma criatura mágica das garras de uma poderosa e mal-intencionada corporação e ainda por cima salvar o país de um desastre sem precedentes?
Anderson Coelho, um garoto nada extraordinário de 12 anos, divide sua vida entre a pacata realidade escolar e uma gloriosa rotina virtual repleta de aventuras em Battle of Asgorath, jogo de RPG online em que os jogadores do mundo todo vivem num universo medieval, cheio de fantasia. Lá, Anderson - ou Shadow Hunter, nome de seu avatar - tem vida de estrela: é o segundo colocado do ranking mundial. E são justamente suas habilidades que chamam a atenção de uma misteriosa organização, que o escolhe para comandar uma missão surpreendente junto com um grupo de ecoativistas nada convencionais.
Ao embarcar para São Paulo, Anderson mergulhará de cabeça em uma aventura muito mais fantástica que as vividas em seu computador. Os encontros com hackers ambientalistas, ativistas com estranhos modos de agir e muitas criaturas folclóricas oferecerão a Anderson Coelho respostas não só sobre sua missão, mas também sobre sua própria vida, enquanto um novo mundo se descortina diante de seus olhos.


Book Trailer 





Autor

Felipe Castilho nasceu em 1985, e desde então renasceu muitas outras vezes. Não gosta de cigarro, carne e pessoas que param no lado esquerdo da escada rolante. Ouro, Fogo & Megabytes é seu livro de estreia, o primeiro da série O Legado Folclórico, mas o autor também já publicou contos de humor, fantasia e ficção científica em obras coletivas, como a coletânea Alterego (Terracota, 2009). Ao contrário do protagonista desta história, Felipe é péssimo em qualquer jogo de computador ou videogame. Com exceção de Super Mario Kart.



Opinião

Há muito queria ler "Ouro, Fogo e Megabytes", e tive a oportunidade de adquiri-lo diretamente com o autor, com direto a autógrafos nos dois livros da série, na 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Uma ótima surpresa para alegrar o último dia do evento.
Anderson, mineiro que vive na cidade de Rastelinho, é o protagonista desta história, narrada em terceira pessoa, cujo foco é ele. Em seu jogo online favorito, juntamente com Renato (HellHammer - um anão) e mais dois amigos, ele personifica um elfo e vive altas aventuras. Ser o segundo melhor do mundo em Battle of Asgorath é algo que incomoda Anderson e ao mesmo tempo é completamente distante de sua realidade na Escola Zeferina Risoleta de Jesus, onde não gosta de praticar esportes, sofre certo bullying e seu único amigo do mundo "real" é o Renato. Explico melhor: enquanto no jogo ele é bem sucedido (mesmo sem ser o primeiro), na escola ele é, pode-se dizer, um aluno razoável.
Um contato inesperado de um novo jogador começa a mudar sua vida. O que aparentemente era só mais um newbie, na verdade tratava-se da sua porta de entrada para novas descobertas. Após uma suspensão do colégio por uma semana, ele chega em casa crente que ficará de castigo, mas encontra alguém esperando-o para levá-lo ao Torneio de Matemática, na cidade de São Paulo. Na realidade, é o tal jogador, que faz parte da Organização. Eles querem combater uma empresa, a Rio Dourado, que pertence a Wagner Rios.
Ao mergulhar de cabeça no folclore nacional, ele percebe o quanto havia aprendido dentro do jogo e como isso o ajudou nos momentos decisivos, mas também o quanto havia perdido por ficar só imerso nisso, sem dar tanto valor ao relacionamento com seus pais e com o meio ambiente, ou seja, sem aproveitar a vida em sua plenitude. A Organização é o meio pelo qual ele aprende muito mais sobre si, o meio ambiente, a mídia e os outros, faz amigos, arrisca-se e começa a criar um senso crítico.
Recheado de inovação (Folclore nacional + RPG + Tecnologia + Aventura), este livro nos traz valores morais e éticos de forma natural e bem-humorada. É dinâmico e pode ser lido por quem não sabe ou não entende nada sobre os assuntos abordados, explicando-os de maneira criativa e divertida. Foi enriquecedor lê-lo e perceber, durante toda a leitura, os valores arraigados do próprio autor, que coincidem bastante com os meus. É mais do que recomendado e, pelo que li, já está sendo adotado em algumas escolas como leitura obrigatória, fato digno de bater palmas.
Não posso deixar de mencionar que o livro traz algumas curiosidades bastante interessantes, como o site Eco4Planet (http://eco4planet.com/) que planta árvores conforme recebe X número de acessos. O autor ainda me surpreendeu no final, deixando um bom gancho para a continuação.
Na narrativa só consegui perceber um pequeno erro (que pode muito bem passar despercebido para a maioria, pois não muda o rumo da história) e diz respeito à idade de Valentina. Enquanto na página 69 Tina diz ter 13 anos e isso chega a ser até motivo de constrangimento para Anderson, que tem 12 anos, na página 237 está escrito que "Valentina Brites podia ter apenas 12 anos (...)".
Afora isso, há mínimos erros de digitação que podem ser melhorados em uma próxima revisão, mas nada que atrapalhe.


Frases Marcantes

"Ele diz que a informação que a mídia nos passa é distorcida e que devemos assistir apenas o suficiente para tirarmos as nossas conclusões, sem sermos influenciados. Por isso, ler mais livros do que assistir tevê."

"Aqui, a única carne que comemos é a de soja. As galinhas nos fornecem ovos. Eu não conseguiria comer aquelas coisinhas tão bonitinhas."


"A maioria dos erros são cometidos por pessoas intempestivas que tomam atitudes impensadas."


"Ele por um acaso o chamava de 'meu precioso', ou ficava cada vez mais maligno quando o acendia?"


"Partindo do princípio de que foi o homem quem poluiu a atmosfera, jogou carbono nos céus e abriu um rombo colossal na camada de ozônio, não existe mais essa de desastre natural. O desastre é a própria humanidade. Quando um rio perde toda a vida que corre em suas águas, quando uma espécie é extinta...Tudo isso é o sadismo do homem aplicado à natureza."


Capa e Diagramação



A capa condiz com a história do livro e o público-alvo. O título está escrito na cor dourada e o tom varia de acordo com o ângulo em que se olha. O único porém é que facilmente ela é removida ou fica cheia de riscos (a exemplo da série Harry Potter), portanto é preciso proteger bem o livro. Possui orelhas.
Os capítulos iniciam-se sempre numa nova página, que são amarelas e bem resistentes, e com uma ilustração (estilo xilogravura). As letras têm um bom tamanho, o espaçamento é bom e a numeração das páginas é centralizada.


Nota







O livro faz parte de nosso acervo pessoal. A resenha realizada aponta pontos positivos e/ou negativos encontrados pelo autor do post no decorrer da leitura. A opinião do autor é pessoal e independente da editora e/ou autor do livro.


Postado por




3 comentários :

  1. Amanda! Descobri a resenha do meu livro aqui no História Muda por um acaso, e adorei! Obrigado pela atenção e pelos apontamentos (e fiquei feliz por ter te apresentado o Eco4Planet!)

    Quanto aos errinhos, a grande maioria deles (espero!) foi corrigida na 2a e 3a reimpressão, incluindo esse da Tina, que uma leitora me avisou logo após o lançamento e foi o primeiro que eu revisei! rs

    Beijos e MUITO obrigado! Esse ano sai o 3o livro, e quero saber sua opinião do resto do Legado!

    Felipe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe, agradeço por ter lido a resenha e especialmente porque aprovou. É muito gratificante, ainda mais por estarmos somente começando. Por curiosidade, como nos encontrou?
      Não sei se consegui passar a todos o quanto amei seu livro, espero que sim! É uma obra realmente espetacular e enriquecedora, obrigada por compartilhá-la com todos nós, leitores.
      Caso tenha interesse, pode divulgar esta resenha no local em que for mais conveniente.
      Muito sucesso e com certeza acompanharei o Legado bem de pertinho!
      Beijos e um abraço!
      Amanda.

      Excluir
  2. participando
    antonia eunice
    antonia.eunice@hotmail.com
    seguidor:toninha

    ResponderExcluir