.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 18 de abril de 2015

RESENHA #9: O LADO BOM DA VIDA

Ficha Técnica

Título Nacional: O Lado Bom da Vida
Título Original: Silver Linings Playbook
Lançamento: 01 de fevereiro de 2013 (2h02min)
Dirigido por: David O. Russell
Com: Bradley Cooper, Jennifer Lawrence, Robert De Niro
Gênero: Comédia dramática, Romance
Nacionalidade: EUA






Sinopse

Por conta de algumas atitudes erradas que deixaram as pessoas de seu trabalho assustadas, Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) perdeu quase tudo na vida: sua casa, o emprego e o casamento. Depois de passar um tempo internado em um sanatório, ele acaba saindo de lá para voltar a morar com os pais.
Decidido a reconstruir sua vida, ele acredita ser possível passar por cima de todos os problemas do passado recente e até reconquistar a ex-esposa. Embora seu temperamento ainda inspire cuidados, um casal amigo o convida para jantar e nesta noite ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma mulher também problemática que poderá provocar mudanças significativas em seus planos futuros.


Trailer

Opinião

Escolhi ver este filme por haver terminado a leitura do livro há alguns dias e por estar animado para ver sua versão filmada.
Senti na pele que ver a adaptação após ler seu livro é uma experiência incômoda, ainda mais sendo a leitura bem recente, você fica por todo o tempo do filme comparando detalhes, e sim, acontecem muitas coisas diferentes... Mas me confortei pensando que algumas modificações são necessárias para o filme funcionar, decido dar uma chance ao filme e continuo vendo.
Mas é então que me surpreendo com uma mudança na adaptação que não é um simples detalhe, foi contada uma parte importante do fim do livro com menos de 15 minutos de filme! Cheguei a pensar em desistir de ver, mas fiquei curioso para saber se teria algum desfecho diferente e mirabolante. Mas fiquei realmente decepcionado, as mudanças com relação ao livro foram imensas, não só em fatos e enredo, como também na personalidade e atitude de vários personagens. Então decidi encarar o filme como algo independente, que somente usou os mesmos personagens se baseando no drama de fundo.
O filme conta a parte confusa da vida de Pat, a partir de um grave problema conjugal que teve e, em consequência com a justiça, sendo diagnosticado com desequilíbrio mental. Após seu tratamento inicial, ele tenta se readaptar à vida normal e ao mesmo tempo tem esperanças, buscando de qualquer forma reaver seu casamento supostamente feliz. Nisso ele conhece a Tiffany, que também enfrenta problemas com sua vida e saúde emocional. Pat enfrenta diversos obstáculos para se reabilitar, desde preconceitos até a sua própria negação da realidade. Tiffany tem um importante papel em sua recuperação, e ele na dela, ambos se aproximam e se ajudam de um modo incomum, mas se entendem. O filme se torna clichê e vocês devem imaginar o desfecho. Só que, no filme que não foi tão bem trabalhado como no livro, acabou ficando óbvio demais.
O filme tem um grande elenco, são grandes atores e imagino que isso trouxe uma visibilidade maior ao filme, que teve 8 indicações pro Oscar, e ganhou o de melhor atriz: Jennifer Lawrence.
Isso mostra que o sucesso do filme foi carregado pelo talento dos atores, já o roteiro e tudo mais, pecou muito, o diretor parece que decidiu ignorar a obra original em vários pontos. Pra mim o ponto crucial foi que perdemos o ápice da revelação final, em que Pat lembra-se da parte do seu passado recente (incidente que foi contado logo no início) onde se ocasionou sua insanidade, e com esse choque ele fez a reviravolta mental em seu personagem, que o levou a ter um fim menos previsível (isso no livro, e seria ótimo ver isso na telona). Fora a dança, nem gosto de me lembrar da dança, no livro era um momento lindo onde Pat se liberta e faz uma grande apresentação se superando, já no filme virou uma comédia, perderam a chance de ter uma cena linda.
Bem, a frase na mente ao fim do filme foi "Cagaram o filme!", mas é um filme bonitinho, só que muito mais superficial em relação à obra original escrita, e isso foi muito destoante, são muitos detalhes do livro que foram ignorados e em breve postarei a resenha e falarei mais a respeito.
Minha nota baixa é devida especialmente à comparação inevitável entre livro e filme, já que talvez alguém que só veja o filme seja menos crítico. Além disso, o foco do drama ficou mais com a Tiffany do que deveria, e se sobrepôs ao drama do Pat. Sendo assim, não aconselho o filme para quem leu o livro, pois ficará descontente. Mas para quem somente quer um filme legal e diferente para passar o tempo, é uma opção. Porém, os spoilers estragarão uma possível leitura futura.



Nota 



Postado por

 

Um comentário :

  1. E me fez querer ler o livro, o filme me deixou muito satisfeito. Filme muito bom. Bem dirigido, um bom roteiro, divertido, inteligente. Jennifer Lawrence esta digna em seu personagem, ja mostrou que é uma excelente atriz, ja Bradley Cooper me surpreendeu, a história tem sido os melhores filmes de Bradley Cooper que eu vi. Atuações ótimas até mesmo dos coadjuvantes Robert De Niro e Jacki Weaver estão ótimos. Uma ótima historia, madura, diferente de todas essas comedias dramáticas/românticas. Vale muito apena acompanhar.

    ResponderExcluir