.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 21 de junho de 2015

RESENHA #23: SOMBRA E OSSOS, DE LEIGH BARDUGO

Ficha Técnica

Título Nacional: Sombra e Ossos (Skoob)
Título Original: Shadow and Bone (Goodreads)
Série: Trilogia Grisha – Livro 1
Autora: Leigh Bardugo
Editora: Gutenberg
Ano: 2013
ISBN: 9788582350638
Páginas: 288
Formato: 14,5 X 22,1 cm
Acabamento: Brochura
Gênero: Ficção, Fantasia, Young Adult




Sinopse

Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele. Cartógrafa de seu regimento militar, em uma das expedições que precisa fazer à Dobra das Sombras – uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis predadores volcras -, Alina vê Maly ser atacado pelos monstros e ficar brutalmente ferido. Seu instinto a leva a protegê-lo, quando inesperadamente ela vê revelado um poder latente que nunca suspeitou ter.
A partir disso, é arrancada de seu mundo conhecido e levada da corte real para ser treinada com um dos Grishas, a elite mágica liderada pelo misterioso Darkling. Com o extraordinário poder de Alina em seu arsenal, ele acredita que pdoerá finalmente destruir a Dobra das Sombras.
Agora, ela terá de dominar e aprimorar seu dom especial e de algum modo adaptar-se à sua nova vida sem Maly. Mas, nesse extravagante mundo, nada é o que parece. As sombrias ameaças ao reino crescem cada vez mais, assim como a atração de Aline pelo Darkling, e ela acabará descobrindo um segredo que poderá dividir seu coração – e seu mundo – em dois. E isso pode determinar sua ruína ou seu triunfo.  


Book Trailer



Entrevista com a autora



Leigh Bardugo nasceu em Jerusalém, cresceu em Los Angeles e se formou na Universidade de Yale. Mora atualmente em Hollywood, onde se entrega à sua paixão pelo glamour, em sua outra identidade profissional, como a maquiadora artística L. B. Benson. De vez em quando, ela também canta com sua banda, a Captain Automatic. Este é o primeiro volume da Trilogia Grisha, e é também seu primeiro livro, que já se tornou best-seller do The New York Times e do Los Angeles Times e também foi eleito um dos melhores livros do ano pela Amazon. Ela foi considerada uma das seis melhores autoras estreantes de 2012 pelo comitê New Voices, da American Booksellers Association, e também ganhou uma indicação ao Abraham Lincoln Award e à Indie Next List Selection.


Opinião

Nossa, é tão difícil falar de um livro que nos encantou e surpreendeu tanto! Mas tentarei e espero que o resultado seja de aceitável para cima, rs. Eu adquiri esta belezinha na Bienal do Livro de São Paulo de 2014, mas como tenho MUITOS livros, fui postergando a leitura. Só que posso afirmar ser tão bom que já adquiri o último da trilogia, para quando começar a ler o segundo, já tê-lo em mãos, pois estou certa que não me aguentarei para saber o desenrolar da história. Aliás, uma curiosidade: Felipe Castilho, autor da série O Legado Folclórico, atuou como assistente editorial nesta obra, detalhe este para o qual nunca reparo, mas que me fez começar a leitura de forma bastante otimista. Ah, tem resenha de "Ouro, Fogo & Megabytes", do Felipe, aqui.

Acredito que a sinopse já deixe bem clara quais são as personagens principais e o enredo no geral. Alina é uma garota que não tem nada de especial, à primeira vista, além de uma paixão por seu melhor amigo, Maly. Ela não é uma beleza, sendo magra e alta. Maly é um rastreador super competente e parece cada vez mais distante dela. Até que a distância realmente vira física.

Isso ocorre quando os dois vão atravessar a Dobra das Sombras em uma campanha e são atacados por volcras. Vendo Maly em perigo, Alina libera um poder que até então estava adormecido. Ela se vê obrigada, então, a servir ao Darkling e aprender mais sobre esse seu dom junto aos Grishas. Mesmo sendo inserida neste universo, ela ainda fica bem deslocada por ser a única com essa capacidade mágica, mesmo no meio de pessoas com magia. Ela tem que se adaptar à nova vida com um novo poder e sem seu melhor e único amigo, Maly.

Com o tempo, ela se sente atraída pelo Darkling (quem não?!) e o mais curioso é que ele também parece bastante interessado nela, o que nos faz questionar as razões dele, já que a princípio ela é bem comum, fisicamente falando. O Darkling é poderoso, bonito e misterioso. Fala pouco, mas aparentemente fala o que ela gostaria de ouvir (e que lendo umas duas vezes, dá pra pegar um duplo sentido em quase tudo).

Eu tive uma mudança de opinião dos personagens ao longo do livro, pois a protagonista e narradora Alina passa a ser muito querida, Maly passa a ser um bom garoto e o Darkling, apesar de tudo contra, eu continuei amando! Doida para saber quais são as intenções verdadeiras dele.

A verdade é que não dá para saber quem é mocinho, quem é vilão...Ou talvez eu não queira aceitar e está bem claro, rs. Será que não são todos um pouco de cada? Há um crescimento notável das personagens, em especial a Alina. A Leigh cria um mundo muito bem construído! Não posso falar muito mais sem dar spoiler, mas recomendo muitíssimo o livro, que me encantou, surpreendeu e deixou com um imenso gosto de quero mais! PRECISO saber como continua!
    

Frases Marcantes

"Deitada na escuridão, esperando pelo sono, me perguntei se esses caminhos apenas nos distanciariam cada vez mais, e se chegaria o dia em que seríamos estranhos um para o outro novamente"

“A biblioteca tinha dois andares e suas paredes estavam cheias de livros do chão ao teto. Uma sacada percorria o segundo andar e a cúpula era feita inteiramente de vidro, de modo que a sala toda se iluminasse com a luz da manhã.”

“Você é o primeiro lampejo de esperança que tenho em muito tempo.”

“Eu não sou do tipo que muda o mundo.”

“Você acha que para o mundo importa se você está dando o seu melhor? Faça de novo e faça direito.”


Capa e Diagramação




A capa, assim como a edição de forma geral, é muito linda! Possui detalhes envernizados que a deixam super bonita. Os capítulos iniciam-se sempre numa nova página e o número do capítulo é rodeado por uma imagem muito bem trabalhada. Logo no início, há um mapa bem interessante. Possui orelhas.
As páginas são levemente amareladas, as letras têm um tamanho regular, o espaçamento é bom e a numeração das páginas é no centro, na parte inferior, possuindo também um símbolo ao redor da numeração. As páginas que iniciam capítulos não são numeradas. Há pouquíssimos erros de digitação/revisão (pela minha contagem, quatro) não prejudicando a leitura.





Nota



Onde Comprar



O livro faz parte de nosso acervo pessoal. A resenha realizada aponta pontos positivos e/ou negativos encontrados pelo autor do post no decorrer da leitura. A opinião do autor é pessoal e independente da editora e/ou autora do livro.


Postado por



  

16 comentários :

  1. Adorei sua resenha. Achei bem completa. Com fotos do livro, frases marcantes e até um texto sobre a autora. Vai entrar na minha lista essa trilogia. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Amei sua resenha.
    A capa desse livro é perfeita, a disgramação também ficou linda, amei as frases marcantes.

    ResponderExcluir
  3. Nossa, fiquei apaixonada pela capa, sinopse e resenha. Amo esse tipo de literatura e procuro sempre por ela. Claro que quero ler e muito o livro e também o restante da trilogia: Sol e Tormenta (2) e Ruina e Ascensão: a conjuradora do sol vive (3).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro muito bem ambientado, para os amantes de fantasia! Leia e não se arrependerá.

      Excluir
  4. Acho que, se vocês ainda não leram, vão ler, porque além da história ser ótima, a edição da Gutenberg está igualmente perfeita. Com direito a mapa, glossário que ajuda bastante durante a leitura e tudo mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo jeito, a Solange já sabe o quanto é bom!

      Excluir
  5. Apesar de ser ficção é um romance e será benvindo com certeza............

    ResponderExcluir
  6. Amanda!
    Parece uma ficção/fantasia bem interessante.
    Gosto de livros que tem mapas e que a protagonista ingênua, se descobre com poderes, deve ser muito bom de verdade e quero poder ler.
    “Saber é compreendermos as coisas que mais nos convêm.” (Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Top Comentarista fevereiro, 4 livros e 3 ganhadores, participe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia e não se arrependerá, Rudynalva. Recomendo a todos, literalmente!
      Beijos.

      Excluir
  7. O livro e lindo e bem trabalhado em detalhes a historia de Aline e bem cativante e cheio de suspense e magia que permeia este mundo e muito sedutor e quero conhecer mais esta obra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helio, garanto que gostará. Depois da leitura, volte e deixe sua opinião.

      Excluir
  8. Já tem um tempo que esse livro está na minha lista de desejados, depois de tantas críticas resenhas, positivas, é impossível não querer lê-lo, fora todo esse ambiente criado pela autora. Me deixam bem curioso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro que utiliza elementos comuns à fantasias, mas é bastante especial. Leia sim, João!

      Excluir