.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

terça-feira, 30 de junho de 2015

TEMA #2: CULTURAÇÃO


Boa tarde, Historiadores!

Cá estou eu, no finalzinho de junho, com mais uma postagem do Projeto Culturação! Quem não lembrar do que se trata, clique aqui e veja maiores informações.

O tema que escolhi este mês foi:


Dia 12/06 - Dia dos Namorados - O Amor está no ar...

A inspiração pode ser da literatura, cinema, séries, etc.

Escolher os 06 casais mais fofos do mundo - Basta escolher os casais que mais te arrancaram suspiros apaixonados, escolher as mais belas fotos para ilustrar a postagem e nos contar um pouco de sua escolha.


Lembrando que esta postagem pode conter SPOILER. Se continuar a ler, será por sua conta e risco.

Antes de apresentar os meus casais eleitos, preciso dizer que não foi nada fácil pensar em casais dos quais eu gostasse de verdade. Por isso, pedi ajuda ao Thiago, meu parceiro no blog. Mas depois que começamos a pensar juntos, conseguimos muitos casais, até demais!

Como a ideia são casais fofos, retirei alguns que não tiveram finais tão felizes, como Hazel e Gus (A Culpa é das Estrelas), Myrcella e Trystane (Game of Thrones), Ian e Samantha (Antes que Termine o Dia), Romeu e Julieta etc. Também pensei em citar livros da Carina Rissi, mas quem acompanha as resenhas do blog, sabe que geralmente gosto mesmo dos personagens masculinos dela e as femininas nem tanto, então descartei.

Vamos aos meus 6 casais eleitos?


6- Hermione Granger e Rony Weasley (Saga Harry Potter - J. K. Rowling)

Muitos torciam pela formação do casal Harry e Hermione, mas aos poucos o Rony foi ganhando espaço, amigo leal da Hermione e do Harry, meio tapado às vezes (ou quase sempre). Mas com isso também a Hermione, que é tão inteligente, acabou fazendo um contraste legal com ele. Eles formam um casal muito fofo e divertido.




5- Aurélia Camargo e Fernando Seixas (Senhora - José de Alencar)

Romance de um de meus autores favoritos, José de Alencar. É um casal rico em sentimentos, com algumas idas e vindas, tornando seu relacionamento mais verdadeiro ao enfrentar situações atípicas. Ambos são orgulhosos e um tanto receosos. Começa com um amor inocente que sofre e amadurece, atingindo seu auge como um casal fortalecido e realizado. Ambos aprendem muito com tudo que se passa e descobrem que o orgulho e a ganância não podem ser maiores do que o amor.


4- Frances Houseman/Baby e Johnny Castle (Dirty Dancing)

Sabe aquele amor que surge conforme você vai enxergando as qualidades de uma pessoa? Pois é assim que acontece o amor de Baby e Johnny. Ela se vê encantada por ele desde o começo, já que ele é mais liberal do que os rapazes com quem ela provavelmente está acostumada a conviver (além de ser um dançarino MUITO gato!). Porém ele só enxerga o valor dela após ela topar um desafio para ajudar uma amiga dele. Ela enfrenta o próprio pai por esse amor. A dança final do filme é uma prova de amor dançada, tanto que muitos casais a dançam em seus casamentos até hoje.


3- Holly Kennedy e Gerry Kennedy (P.S. Eu Te Amo - Cecelia Ahern)

Tá, eu sei que disse que não colocaria casais que não tivessem um final feliz...Mas não poderia deixar esse passar.
Eles são o casal perfeito, apaixonados desde a juventude e sempre juntos, um completa o outro e dedicam-se ao bem-estar do seu parceiro.
Tanto que após a precoce morte do Gerry, a Holly se vê perdida sem ele. Então o marido encontra uma forma de confortá-la e guiá-la, mesmo estando ausente. Essa preocupação com o bem-estar da Holly, mesmo estando ele em fase terminal, para mim é o que torna o amor deles tão  bonito, no qual ele não tenta conquistar e possuir, mas sim se doar, preocupado em deixar a Holly bem para seguir a vida sem ele.
É um amor de verdade, mesmo tendo terminado tão precocemente. E Gerry, apesar de estar morto, consegue ensinar uma lição importantíssima para sua amada: a vida continua!


2- Lucy Whitmore e Henry Roth (Como Se Fosse a Primeira Vez)

Dizem que, para se manter um relacionamento, é necessário reconquistar o outro todos os dias. E se, para ficar com seu amor, você tivesse que de fato conquistá-la todos os dias? Lucy sofre de falta de memória de curto prazo e todos os dias, Henry se vê obrigado a se apresentar para ela. Esse é o amor verdadeiro, e o filme faz você se questionar se algum dia alguém te amará assim ou se seu parceiro faria o mesmo por você, ou mesmo se você faria isso por alguém. Lindo demais!


1- Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy (Orgulho e Preconceito - Jane Austen)

Sei que pode parecer clichê ou carta marcada, mas esse não poderia faltar! Amo demais!
É um casal de grandes qualidades. Elizabeth, uma mulher decidida de personalidade forte, com o grande senso moral e moderno ao mesmo tempo. Mr. Darcy, nobre de grandes posses, justo em seus atos, maravilhoso, lindo, sexy... (suspiros). Quem não gostaria de um casal com tantos atributos e ainda apaixonados e felizes?


BÔNUS

Seja um amor possível, um amor impossível, com final feliz ou não, amar e ser amado é bom demais. Então, seja amor de 1 semana ou de 1 vida, merece ser comemorado e vivido intensamente, até mesmo numa canção. Gostaria de deixar este vídeo, que mostra o amor entre pessoas que são opostas, aqui representadas pelos meses de Outubro e Abril.




Outubro e Abril

“Ela era como os céus de abril, o nascer do sol em seus olhos
Criança de luz, estrela reluzente, fogo em seu coração
O dia mais claro, neve em fusão, rompendo o frio
Outubro e Abril

Ele era como o céu gélido em noite de outubro
A nuvem mais densa, tempestade interminável, que
chovia do seu coração
O mês mais frio, profundo frescor derrubando a
primavera
Outubro e Abril

Como ódio e amor
Mundos separados
Este amor fatal foi como um veneno desde o início
Como luz e escuridão
Mundos separados
Este amor fatal foi como um veneno desde o início

Nós éramos como armas carregadas
Sacrificamos nossas vidas
Nós éramos como o amor inacabado
Com o desejo de se entrelaçar
Toque fatal
Sensação fatal
Amor destinado à matar
Outubro e Abril”


Espero que tenham gostado e peço desculpas pelo tamanho do post, mas acreditem, tentei ser bastante sucinta.

Beijos.


Postado por




Nenhum comentário :

Postar um comentário