.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

segunda-feira, 6 de julho de 2015

RESENHA #25: AS FACES DA LUZ, DE TATIANE DURÃES

Ficha Técnica

Título Nacional: As Faces da Luz (Skoob)
Série: Trilogia Arcantatys - Livro 1
Autora: Tatiane Durães
Editora: Independente
Ano: 2014
ISBN: -
Páginas: 452
Formato: eBook
Acabamento: -
Gênero: Aventura, Fantasia





Sinopse

Ao ser forçada a atravessar um portal por um imenso lobo, Tayara se depara com um mundo que jamais imaginara, e elfos e bruxas passam a fazer parte de sua realidade. Mas o que ela não sabe é que seu destino fora traçado muito antes de seu nascimento.
Agora ela terá que escolher entre a razão e o coração, pois ao se apaixonar por um elfo, descobre que uma forte maldição a prende a ele.
Uma aventura repleta de magia e descobertas, se inicia.


Book Trailer




Autora

Tatiane Durães nasceu em Monte Mor, onde mora até hoje. Tem 28 anos, é assistente administrativa e formada em Administração de Empresas na Unip- Universidade Paulista. Com quinze anos leu O Alquimista do Paulo Coelho, se apaixonou pela literatura, e não parou mais de ler. Em 2013, começou a escrever sua primeira história depois de ficar imaginando vários finais diferentes para livros e filmes que lia e assistia. Um ano depois seu mundo ganhava vida no nome de Arcantatys.


Opinião

Foi muito bacana fazer essa parceria com a autora, já que, além deste, ainda terei mais dois livros inéditos dela para ler e resenhar.

“As Faces da Luz” trouxe para mim um universo com muitas misturas de figuras conhecidas do mundo fantástico, em que vampiros, bruxas, elfos, lobisomens, lobos etc, habitam um mesmo espaço, e a protagonista Tayara acaba englobando algumas características de diferentes “raças”.

É muito interessante, apesar de muitas vezes, ao longo da leitura, eu me perguntar como alguém que até um tempinho atrás se achava (e parecia) comum,  pode ser tão especial e poderosa daquela maneira. Vocês entenderão ao ler, pois ela é muito foda (desculpem a palavra) em determinados momentos, rs.

Outro ponto positivo e de certa forma inovador é a mudança de narradores, que em sua maior parte é feita por Tayara, mas passa pelo rei dos elfos e por Reagan, também um meio elfo. Gostei bastante, apesar de me deixar ligeiramente perdida em certas partes, até eu me acostumar com este estilo.

Um personagem do qual ainda não sei se gostei é o elfo Aodh. Talvez no próximo volume eu consiga dizer com mais certeza. Agora dois personagens que me conquistaram: Reagan e Ariosto. São apaixonantes.

A narrativa possui alguns “errinhos” (pelo menos pela que depreendi da história, imagino que sejam) que podem passar batidos, como Tayara ser a reencarnação de alguns espíritos, incluindo uma elfa poderosa, e em uma parte do livro dizer “que se não fosse pelo fato de um elfo não reencarnar quando morria”. Além disso, o livro mereceria uma revisão um tanto mais atenta, de modo a deixá-lo mais redondo.

Se eu tivesse que destacar algum ponto fraco, diria que as lutas ou embates que ocorrem são medianos e que o caminho se dá de forma não tão difícil para Tayara, visto que há sempre alguém disposto a ajudá-la ou então ela descobre novas capacidades que até aquele momento estavam adormecidas.

Tatiane soube o momento exato para finalizar este livro, deixando um bom gancho e uma enorme curiosidade pela continuação. Estou ansiosa para saber como prosseguirá a jornada de Tayara, Ariosto, Aodh, Reagan e os demais.


Frases Marcantes

“ – E a segunda chance? – eu me levantei. – todos têm direito a se arrepender do que fizeram no passado e temos direito a uma segunda chance de ser feliz.”

“ – O branco mata o animal, sem perguntar se é seu direito. Quando ele tá no meio da floresta, casa do animal e animal vai defender sua casa. O branco mata, incendeia e fala que foi para proteção e quem protege a natureza? Quem protege mata?”

“Concordei com ele, no mundo mortal é tudo mascarado, nós vivemos nossas vidas meio que de olhos fechados para os absurdos do mundo.”

“Aquilo que está dentro de você faz parte de quem você é.”

“Mas é claro, luz interna, todos nós temos, não somos maus nem bons por completo.”         
  

Capa e Diagramação

A capa é bonita e atrai. Os capítulos iniciam-se em novas páginas. Há consideráveis erros de digitação/revisão que prejudicam um pouco a leitura em certas passagens, especialmente no que diz respeito à pontuação.


Nota



Onde Comprar



O livro é uma cortesia da autora Tatiane Durães. A resenha realizada aponta pontos positivos e/ou negativos encontrados pelo autor do post no decorrer da leitura. A opinião do autor é pessoal e independente da autora do livro.


Postado por






2 comentários :

  1. Oi Amanda, fico feliz que tenha gostado de Arcantatys.
    Quanto aos erros, a Tayara ser reencarnação de uma elfa, não é um erro, existe uma explicação que não foi dada no primeiro livro e você só vai entender no segundo. Todo mundo me questiona isso... rsrsrs....
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tati! Eu gostei bastante sim!
      Ah, fico mais aliviada então. Pelo menos você pode ver que li com bastante atenção, rs.
      Aliás, quando sairá o próximo mesmo? =P
      Beijos.

      Excluir