.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 12 de julho de 2015

RESENHA #26: DOIS LADOS DE UM CORAÇÃO, DE MARCELA DE LUCA

Ficha Técnica

Título Nacional: Dois Lados de um Coração (Skoob)
Autora: Marcela de Luca
Editora: Literata (Grupo Editorial Arwen)
Ano: 2015
ISBN: -
Páginas: 268
Formato: eBook
Acabamento: -
Gênero: Ficção, Romance, Drama






Sinopse

Dor. Nunca uma palavra fez tanto sentido na vida de Elizabeth Campbell. Quando a felicidade parece finalmente estar caminhando junto a ela, esse outro sentimento vem e toma o seu lugar. A tentativa de ser feliz novamente poderia ser conquistada se não fosse o fantasma de suas antigas dores que volta atormentá-la. Elizabeth jamais imaginou que a vida seria capaz de lhe tirar sem permissão a pessoa que ela mais amava. Após perder seus pais de maneiras diferentes, ela passou a acreditar que nunca mais passaria por algo parecido. A vida, no entanto, preparava-lhe uma surpresa em silêncio...
Quando Campbell se vê presa dentro de si mesma, mergulhada em uma tristeza sem fim e incapaz de seguir em frente, Thomas Hunter, um rapaz que nunca acreditou no amor, tenta tirá-la do chão, embora ele também precise que alguém o tire de lá. Juntos, eles descobrem que são capazes de superar as perdas e frustrações que a vida lhes deu.


Autora

Marcela de Luca nasceu em 1994, no interior de São Paulo. Leitora compulsiva e consumidora excessiva de livros foi incentivada a ler desde criança, o que acarretou em sua paixão pela literatura. Cursa faculdade de Letras Tradução e Interpretação em Inglês e divide sua vida entre os estudos e o trabalho como tradutora, professora e escritora. Passou a adolescência escrevendo e publicando fanfictions na Internet e, aos dezoito anos, terminou seu primeiro livro. Dois Lados de um Coração é seu romance de estreia.


Opinião

Adorei quando a Marcela me procurou para a parceria, pois me conheceu através de outra autora parceira do nosso blog e que é da Editora Literata, a Kate Willians. Mas confesso que não estava preparada para uma história tão simples e, ao mesmo tempo, tão apaixonante.

É o ano de 2010 e os personagens principais, que são Eliz, Will e Tom, estão com 25 anos. Eliz é namorada de Will há 6 anos, e Tom é irmão gêmeo de Will. Eliz e Tom não se dão bem, por uma série de motivos, que são explicados ao longo do livro. Os gêmeos possuem a mesma aparência, mas atitudes e personalidades um tanto quanto distintas, o que não faz necessariamente um melhor do que o outro. 

Narrado em 3ª pessoa, foca em Elizabeth e Thomas, não dando tanto espaço para os personagens secundários, mas inserindo-os sempre quando se faz necessário. Tem a melhor amiga de Eliz, Blair; a irmã e o cunhado de Thomas e Will; Katherine, namorada de Tom; e a fofíssima Natalie, uma órfã de 12 anos, dentre outros.

O que eu gostei na narrativa foi as lembranças que vêm às mentes dos personagens, nos fazendo conhecer elementos do passado e ir formando a identidade de cada um. Logo no segundo capítulo, já desconfiei do rumo que a história tomaria e inclusive pensei que não gostaria (por ser uma situação não impossível, mas inusitada), todavia o interessante é ir lendo por qual caminho Marcela nos leva ao desfecho. E eu preciso dizer: ela surpreende não com o final, que já é esperado e inclusive desejado a partir de certo ponto, mas com os fatos e constatações até chegar lá.  

O nome do livro não poderia casar melhor com a história, pois tem um duplo significado. E no fim, é possível saber que, mesmo que tudo pareça perdido, há sempre um caminho a seguir. Além disso, não devemos julgar uma pessoa só pela primeira impressão ou pelo que nos contaram dela, devemos nos dar a oportunidade de conhecê-la de verdade e tirar nossas próprias conclusões. Retrata superações de vícios, inseguranças e pré-conceitos.

Em breve devemos acompanhar o lançamento desse livro, e já fica a dica: leia! Ele te tocará de uma forma única.


Frases Marcantes

“Era como se a angústia fosse um ácido derramado acidentalmente na pele, corroendo-a instantaneamente, sem piedade e com muita rapidez.”

“Quando eu estiver longe e um vento tocar seu corpo, esse será meu beijo.”

“Realmente era como muitos viviam dizendo: não chore porque acabou, mas sorria por ter acontecido.”

“O ser humano não gosta de mudança, Eliz. Mas se a mudança for para o nosso bem, com o tempo a gente se acostuma.”

“ – Eu percebi que há coisas que, por mais que tenhamos superado, não conseguimos esquecer.”

“A vida de ninguém consegue ser inteira e extremamente feliz sempre. São precisos altos e baixos. É preciso cair para poder se levantar, aceitar os fatos e aprender com os erros.”


Capa e Diagramação

Ainda não tenho como comentar muito sobre a capa e diagramação, pois o original que recebemos estava passando por revisão da editora, apesar de a autora já ter contratado uma revisora anteriormente. Só posso dizer que o que recebemos ainda continha alguns errinhos, necessitando de um olhar mais atento na revisão.
Os capítulos iniciam-se em nova página. Adorei a capa, não sei se é provisória, mas me lembrou um pouco do Natal, neve...deixando o coração em destaque, envolto por tons mais claros como o azul.


Nota



O livro é uma cortesia da autora Marcela de Luca. A resenha realizada aponta pontos positivos e/ou negativos encontrados pelo autor do post no decorrer da leitura. A opinião do autor é pessoal e independente da editora e/ou autora do livro.


Postado por






Nenhum comentário :

Postar um comentário