.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

terça-feira, 25 de agosto de 2015

TEMA #4: LITERATURA EM MOVIMENTO - AGOSTO


















Historiadores queridos, boa noite!

Este mês é muito especial para os blogueiros, pois no dia 31/08 comemora-se o Dia do Blogueiro! E nada mais bacana e justo do que falarmos da nossa atuação na blogosfera. 

Apresentarei o tema do mês do Literatura em Movimento, mas antes, caso queira relembrar do que se trata esse projeto, clique aqui.








Começarei do começo, um pouco lá atrás, em 2014. Eis que estou despretensiosamente andando na Bienal do Livro de São Paulo, e encontro uma mulher, quando paro para descansar das andanças e compras, já lotada de livros e mimos. Conversamos longamente e então ela me disse ser mãe de duas blogueiras, a Nathy e a Mari do O Blog da Mari. Infelizmente, não mantive contato pós-Bienal e nem converso com as meninas, mas a conversa que tive com a mãe delas me fez refletir sobre o rumo que eu queria dar para minha vida. Sempre gostei de ler, só que até então, não havia me imaginado inserida nesse outro contexto.

Decidida a montar um blog, mas ainda sem data definida, comecei a conversar com meu amigo Thiago, que entende bem mais de computação e afins do que eu, e iniciamos um planejamento do blog. Sem ele, posso dizer que dificilmente as coisas teriam passado de uma boa ideia. Pensamos e repensamos em um nome, montamos layout (ele montou, eu só dei pitaco) e ele começou a fuçar no blogspot, após decidir a plataforma. Me entregou tudo prontinho e me ensinou a mexer, e fomos nos adequando com o passar do tempo, ajeitando aqui e ali conforme a necessidade. Claro que sempre há o que aprender e sempre queremos mexer em uma coisa ou outra, mas aos poucos, estamos nos ajeitando.

Quem pensa que ter um blog é fácil e que os blogueiros ganham livros das editoras, está muito enganado. É quase uma batalha épica conseguir parceria com editoras, e mesmo quem consegue, tem o compromisso de ler o mais rápido possível aquele livro e resenhá-lo. E, claro, sempre escrever com tato e fundamento, pois não basta apenas dizer “Amei este livro!” ou “Achei uma grande porcaria!”. Tem que ter todo um cuidado para falar o que se deseja, sem ofender ninguém no caminho.

Meu dia-a-dia no blog é bem prazeroso, mas ao mesmo tempo, é um pouco difícil conciliar a leitura dos livros com a escrita e montagem de posts. Creio que são coisas que o tempo irá facilitando para nós. Comparecer a eventos para conhecer o pessoal, os lançamentos, falar do que gosta e se divulgar, também faz parte.

O blog representa para mim responsabilidade e toma bastante tempo, mas eu me dedico a ele pois, assim, me sinto útil. É que há bastante tempo estou desempregada e minhas únicas ocupações são a minha segunda faculdade e os afazeres domésticos, e o blog serve tanto como uma válvula de escape quanto faz com que eu me sinta útil, compartilhando experiências e conhecendo pessoas que gostam das mesmas coisas que eu. Tornei-me uma pessoa mais organizada, centrada e paciente (bem pouquinho), além de sair mais e sentir prazer nisso.

Falando em conhecer pessoas, tenho conhecido autores e blogueiros fantásticos. Inclusive muitos autores e até alguns blogueiros fizeram e fazem parcerias conosco, e eu só tenho a agradecer pela confiança em nosso trabalho. Claro, sempre tem um ou outro com quem simpatizamos mais, outro que não nos desce tão bem...mas é assim em tudo na vida, gente! Com alguns criaremos uma amizade sólida e com outros, só no "Oi" e "Tchau".

Ah, não poderia fechar esse texto sem dizer que eu gostaria muito de prosseguir neste “ramo”. Minha ideia seria trabalhar como revisora de texto, pois sei que sou boa nisso, apesar de nunca ter trabalhado na área. Seria super bacana trabalhar com algo que eu amo verdadeiramente. Tomara que surja alguma oportunidade em breve! Portanto, torçam por mim.

Espero que esse meu texto tenha servido para abarcar um pouquinho, ao menos, do que o blog significa em minha vida. Eu visto a camisa mesmo, e me porto o melhor possível, pois eu SOU o blog, então pelas minhas atitudes, já é possível saberem a seriedade do meu trabalho. 

Caso queiram deixar algum comentário, fiquem à vontade.

Beijos.


Postado por


8 comentários :

  1. Olá Amanda, sei como é esse negócio do pessoal achar que a vida de blogueiro é fácil, eles mal sabem como é difícil arrumar parcerias ainda mais com editoras que só enxergam números...quanto mais seguidores melhor.
    Eu quero que meu blog tenha conteúdo e qualidade, mas parece que ninguém dá valor se seu blog não tem um determinado número de visitas e comentários, ai fica complicado.

    Desejo-lhe muito sucesso nessa caminhada!

    Beijokas da Quel ¬¬
    http://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raquel, obrigada pelo seu comentário!
      Eu ia escrever exatamente isso que você falou de números, sem prezar pela qualidade, e mais algumas coisinhas, mas achei por bem não mencionar...Infelizmente, assim acontece com tudo. Tem ótimos músicos, escritores etc. que não são valorizados, e outros que não tem nem metade da qualidade e fazem sucesso.
      Eu, por enquanto, só tenho tido gastos com o blog, seja para mantê-lo online, seja para comprar alguns livros para sorteio, ir a eventos...Mas levo como se fosse um hobby, que eu faço com muita seriedade.
      Aos poucos vamos galgando os degraus para, quem sabe um dia, chegarmos lá! Muita sorte para nós, que buscamos conteúdo e qualidade, ao invés de somente números.
      Beijos.

      Excluir
  2. Oi Amanda!
    Realmente, vida de blogueiro não é fácil... Fiquei pensando nas mil seleções de editora as quais me inscrevo e que raramente passo, nas pilhas de livros que tenho para ler e resenhar e, ainda, conciliar tudo isso com os eventos, a vida pessoal e todos os outros compromissos! Cansa, né? No entanto, acho que ter um blog é algo maravilhoso pois, como tu disseste é uma válvula de escape e não só isso, o blog é o próprio blogueiro... O blog é quase um filho, né? rs.
    Torço para que consigas trabalhar com aquilo que desejas. A melhor coisa do mundo é fazer o que gostamos, né?
    Beijo.

    http://daliteratura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ana!
      Espero conseguir encontrar meu rumo dentro de algo que eu amo de verdade! Mas tudo a seu tempo, não adianta querer apressar algo e depois não conseguir cumprir ou ficar morta de cansaço, rs.
      Beijos.

      Excluir
  3. Olá... tudo bem??
    Eu também tenho vontade de trabalhar como revisora... com tantas leituras e muitos cursos que venho fazendo para melhorar a minha forma de ver os textos com mais olho crítico, desejo que isso não pertença a um futuro tão distante..... realmente não é fácil conseguir parceria... eu ficava triste quando recebia um não... depois entendi que não era o momento... esse ano consegui algumas parcerias e começou a correria...então tive que buscar ajuda das universitárias rs... tenho 4 resenhistas e adoro todas... com minha volta aos estudos... elas me ajudam demais com as postagens de resenhas... adorei o seu texto e como foi o inicio de tudo... as vezes dá um desânimo, mas por experiência própria... não deixe se abater... Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diana, obrigada pelo comentário!
      Vou procurar saber sobre esses cursos, para me aprimorar. Ainda mais com essa nova reforma ortográfica, né?
      Eu quero muito parcerias oficiais, mas sei que também demanda tempo e teria que fazer como você, procurar resenhistas, e sei que não deve ser fácil encontrar pessoas com que se dê bem e que façam um trabalho próximo ao já publicado pelo blog. Mas tudo a seu tempo!
      Pode deixar, não desanimarei!
      Beijos.

      Excluir
  4. Oi Amanda, tudo bem? Adorei o texto! O meu blog também é uma válvula de escape e uma forma de sempre poder me expressar. Espero que você consiga seguir essa área de revisão de texto e que tenha bastante sucesso!! Ir a eventos e conhecer novas pessoas é maravilhoso!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rafaella!
      Muito sucesso para nós, nessa carreira ou hobby, que é puro amor! =)
      Beijos.

      Excluir