.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 6 de setembro de 2015

RESENHA #37: CORES DE OUTONO, DE KEILA GON

Ficha Técnica

Título Nacional: Cores de Outono (Skoob)
Série: Saga Cores – Livro 1
Autora: Keila Gon
Editora: Novo Século
Ano: 2012
ISBN: 9788576798422
Páginas: 439
Formato: 16,7 X 24,0 cm
Acabamento: Brochura
Gênero: Fantasia, Romance





Sinopse

O inesperado, o impossível, o destino...
Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão, duela com a dúvida entre o certo e o fácil para seguir seu coração.
Melissa encontrou em um olhar as revelações de toda uma vida e longe da lógica escolheu o caminho confuso, mas surpreendente do amor. Ela chegou à pequena cidade da montanha com a responsabilidade de cuidar de Alice, sua irmã caçula, esperando uma vida simples. Mas se viu envolvida por Vincent, um estranho arrogante, dono de irresistíveis olhos turquesa que vai levá-la através da sombra e da luz para revelar surpresas inimagináveis de um Mundo Mágico perigoso e fascinante. A cada encontro este homem misterioso amedronta e encanta; desperta sentimentos e a faz duvidar de sua coragem. Mas, antes que Melissa seja arrebatada por esse amor, ela precisa enfrentar elfos, magos e intrigas em um mundo inóspito que testará seu coração.
Cores, de outono é o primeiro volume de uma saga mágica que vai instigar emoções e paixões.


Book Trailer



Leia um Trecho



Autora

Nasceu em São Paulo, capital. Filha de pais aventureiros viveu boa parte da infância em Minas Gerais onde desfrutou de amizades inesquecíveis e compartilhou com a irmã mais velha o contato com a natureza. Este ambiente repleto de mitos e liberdade sempre instigou sua imaginação. Aeronauta, cursou Administração com Comércio Exterior em Campinas, São Paulo, trabalhou em diferentes áreas comerciais, mudou algumas vezes e viajou o necessário para acumular experiências inspiradoras. Amante dos livros de romance e ficção, é apaixonada pelo mundo da fantasia. Atualmente, reside em São José dos Campos, SP, com o marido, a filha e um gato.


Opinião

Melissa é uma jovem de 20 anos que está saindo de São Paulo para voltar à sua pequena cidade natal, no interior do Estado. Mas ela não está indo sozinha. Leva sua irmã caçula, Alice, de 5 anos. Estão indo para a casa de seu avô George, pai de sua mãe, e que fez a vez de pai dela também, já que ela não sabe quem é ele. O motivo de sua volta é triste: perdeu a mãe e o padrasto em um acidente de carro.

É nesse clima que a história tem início. Melissa é bem protetora em relação à sua família, ou seja, seu avô e sua irmã, e não tem amigos. Mas preciso mencionar que em alguns momentos ela é um tanto quanto descuidada com a irmã, deixando-a nas mãos de pessoas as quais nem conhece. Aliás, ela é meio que um desastre ambulante.

Aos poucos, ela vai se acostumando com a rotina e até com a reaproximação de Arthur, seu “amigo” de infância, que lhe roubou seu primeiro beijo. Ao menos, até aparecer Vincent na parada. Vincent faz parte da família Von Berg, e moram isolados na montanha cercada por um bosque. Nesta aura de mistério, ocorre uma proximidade um tanto quanto fascinante e, ao mesmo tempo, incompreensível e que causa temor, entre Melissa e Vincent, este homem de cabelos escuros, olhos turquesa e alto!

Fiquei com meu coração dividido entre Arthur e Vincent. Os dois me decepcionaram em determinadas situações, mas é normal ser impulsivo em alguns momentos, portanto relevei. Melissa é uma moça boa, só que às vezes age um pouco sem percepção e tem um mau gênio terrível. Aliás, ela é a narradora da história.

A princípio, o fato de existir uma família rica e cheia de mistérios na cidade, e de a protagonista ser desastrada, me lembrou bastante Crepúsculo. A forma como a família Von Berg ganha dinheiro para possuir tantos bens ainda está obscura, já que a estufa de flores parece ser só de fachada e está sempre vazia, As coincidências com a saga anteriormente mencionada não se estendem muito mais. Gostei muito da mistura entre realidade e fantasia tão bem feita por Keila Gon. Um detalhe é que a capa não entrega praticamente nada do que é a história. Eu mesma não sei exatamente o que esperava, mas me surpreendi positivamente.

Há alguns erros de revisão/digitação, em especial no que diz respeito à pontuação, mas fora isso, a escrita da autora me conquistou. Só que cansei de contar os diversos “cavalheiro carrancudo”, “amadeirado, cítrico” e “ronronando” que Melissa utiliza para descrever seu amado. De qualquer modo, eu deliberadamente li devagar o romance, para que durasse mais. Recomendo para todos que querem uma boa mistura de dois mundos, além de um romance não tão simples. Ah, claro que estou ansiosa pelo próximo!
       

Frases Marcantes

“Palavras são importantes...poderosas. Podem esconder verdades ou revelar mentiras e não gosto de ser protegida por mentiras. Prefiro me machucar com a verdade.”

“ - Sempre podemos alterar nosso destino, com nossas decisões.”

“A ignorância é uma dádiva protetora, a descoberta transforma.”

“O significado de bom e mau depende do ângulo que se olha. O que para alguns é bom para outros pode ser mau.”

“ - As pessoas escolhem ser boas ou más e essa é uma escolha que continuamos a fazer por toda a vida, todos os dias. Das pequenas às grandes decisões.”


Capa e Diagramação




A capa é fosca, com algumas folhas, o título e o nome da autora envernizados. Os capítulos sempre se iniciam em uma nova página, que são amareladas. Possui orelhas.
A letra possui um tamanho razoável, o espaçamento é bom e a numeração das páginas fica centralizada na parte inferior. Há alguns erros de digitação/revisão, especialmente no que diz respeito à virgulas, mas nada que prejudique a leitura.


Nota



Onde Comprar



O livro é uma cortesia da autora Keila Gon. A resenha realizada aponta pontos positivos e/ou negativos encontrados pelo autor do post no decorrer da leitura. A opinião do autor é pessoal e independente da editora e/ou autora do livro.






Postado por






4 comentários :

  1. Oi Amanda! Muito obrigada pelo carinho com o BT e pela resenha sincera! Espero que vc goste de Sombras também!

    Bjo^^
    www.livrosdeelite.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana!
      Sou eu quem agradece a oportunidade de participar do BT! Realmente gostei bastante da história e estou ansiosa pelo próximo.
      Beijos.

      Excluir
  2. Oi Amanda, obrigada pela resenha! Sombras vai explicar muito desse outro mundo, e por muitas vezes, elevar a emoção uashuashu Ah, e pode deixar que a N Século está caprichando na correção da segunda edição de Cores que deve ficar pronta no fim do mês! Beijo grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Keila, que prazer tê-la por aqui! Sou eu quem agradece pela oportunidade de ler seu livro. Foi realmente uma leitura prazerosa e surpreendente. Ansiosa pelo Sombras!
      Beijos.

      Excluir