.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

RESENHA #46: DESEJO E HONRA, DE TATIANE DURÃES

Ficha Técnica

Título Nacional: Desejo e Honra (Skoob)
Autora: Tatiane Durães
Editora: Deuses      
Ano: 2015
ISBN: 97885 66754612
Páginas: 152
Formato: eBook
Acabamento: -
Gênero: Romance






Sinopse

1890. O Brasil passava por sérias mudanças. Os escravos foram alforriados, porém, apenas no papel. Os italianos começaram a chegar em busca de uma vida melhor. A corrida pelo ouro terminara há muito tempo e o café com leite era o que sustentava a economia do país.
Em Minas Gerais, uma única família ainda mantinha a atividade do minério, a família Leon, eles continuavam sendo abençoados, encontrando ouro em suas terras.
O Conde de Leon, filho do monarca Duque de Leon, que, devido a idade, não conduzia mais os negócios. Conde que, apesar de bondoso, carregava no peito a enorme dor da perda. Sua esposa Cassandra falecera ainda muito jovem, e desde então ele nunca mais ficara atraído por nenhuma mulher, até aquele dia, 31 de outubro, quando uma jovem de cabelos negros e pele extremamente branca chegou em sua casa para ajudar na cozinha. Uma jovem bonita, delicada e inteligente.
Assim, o Conde de Leon, finalmente percebeu que poderia se libertar do fantasma de sua falecida e amada Cassandra. Entretanto, a jovem carregava consigo um segredo: Linda, porém fatal.


Autora

Tatiane Durães nasceu em Monte Mor, onde mora até hoje. Tem 28 anos, é assistente administrativa e formada em Administração de Empresas na Unip- Universidade Paulista. Com quinze anos leu O Alquimista do Paulo Coelho, se apaixonou pela literatura, e não parou mais de ler. Em 2013, começou a escrever sua primeira história depois de ficar imaginando vários finais diferentes para livros e filmes que lia e assistia. Um ano depois seu mundo ganhava vida no nome de Arcantatys.


Opinião

Há alguns meses, eu já havia postado a impressão que tive ao ler os primeiros capítulos (confira aqui). Por um compromisso e outro, acabei terminando a leitura só mais recentemente.

O ano é 1890, em Minas Gerais. Amanda é uma ladra dos ricos, extremamente procurada. Henrique, seu companheiro na vida e no crime, a traiu por algum motivo, a princípio desconhecido. Ela precisa fugir, e eis que a tia de uma amiga acaba levando-a (sem saber quem Amanda é realmente) para a casa do Conde de Leon, onde ela será mais uma empregada.

Porém, com sua beleza e magnetismo, ela acaba conquistando o adorável, misterioso e viúvo conde, mesmo sem ter essa intenção. Muito pelo contrário, ela quer passar o mais despercebida possível, conseguindo assim despistar as pessoas que querem vê-la presa ou mesmo assassinada, já que ela sofre a acusação de ter cometido um homicídio.

Narrado em terceira pessoa, a visão transita entre os dois protagonistas. Os demais personagens não são tão trabalhados, só o suficiente para sabermos qual seu papel na história. Sendo bastante sincera, é um romance super fácil e rápido de ler e que traz alguns elementos históricos nacionais, como a mineração e a escravidão, porém sem grande profundidade. Há, no meu ponto de vista (claro que não realizei nenhuma pesquisa, é meramente uma opinião), algumas situações um tanto quanto improváveis para a época, como ela viver com o conde sem os laços matrimoniais, sob o mesmo teto que os "sogros" (mesmo eles estando meio senis), ou até o fato de conseguir livrar-se das acusações muito facilmente.

Além disso, eu entendo que o livro deveria ser curto para um concurso no qual a autora participou, só que eu senti falta de um desenvolvimento maior em algumas partes. Tudo ocorre muito rápido! Os protagonistas funcionaram bem separados, mas juntos, eu não senti tanta conexão entre eles. Como o próprio nome diz, me parece mais ser um caso de desejo do que amor. Algo, entretanto, eu devo admitir: Amanda é uma mulher forte e independente, não é daquelas mocinhas que fogem ao menor sinal de perigo, e possui características distintas para a época; Leon possui seus mistérios e poderes, o aproveitamento deles poderia ter sido mais trabalhado. Há, ainda, diversos errinhos de revisão/digitação, poderia ser melhorado numa próxima edição. 

Para mim, o romance tinha um potencial incrível que não foi tão bem utilizado. Indico o livro para quem deseja algo rápido e prático para ler, sem tanta profundidade e que traz alguns elementos históricos nacionais.  


Frases Marcantes

“ - Se sabe realmente quem sou, então deveria saber que não é seguro me ameaçar sozinha, Lurdes.”


Capa e Diagramação

A capa é bonita e realmente remete a um romance de época. A diagramação está bonita, mas a revisão poderia ter sido melhor, pois até erros de grafia eu encontrei. Os capítulos iniciam-se sempre em uma nova página, cuja numeração é no canto inferior direito.


Nota



Onde Comprar



O livro é uma cortesia da autora Tatiane Durães. A resenha realizada aponta pontos positivos e/ou negativos encontrados pelo autor do post no decorrer da leitura. A opinião do autor é pessoal e independente da editora e/ou autora do livro.


Postado por




2 comentários :

  1. oi Amanda,

    Obrigada por ter lido e resenhado. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um prazer, Tati! Agora só aguardar a continuação de AFL e Kaelium =)
      Beijos.

      Excluir