.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 31 de outubro de 2015

TEMA #6: LITERATURA EM MOVIMENTO - OUTUBRO




















Boa noite, Historiadores!

Mais um mês chegando ao fim, e eu correndo para cumprir com todas as postagens! Rs. Hoje trago, pelo sexto mês, mais um tema destrinchado do projeto Literatura em Movimento. Para saber mais do projeto e outros temas propostos para outubro, clique aqui.
E o tema elegido neste mês foi:


TEMA 3 - QUEM TEM MEDO DO LOBO MAU?

Claro que não poderíamos deixar de unir essas duas datas lindas, não é mesmo?! Quem nunca contou histórias de terror? Quem nunca segurou o medo de algo para se fazer de corajoso na frente dos amigos? Lembrando da infância e dos medos bobos (ou não) de quando éramos pequeninos, queremos saber: qual(is) o(s) mito(s) que mais lhe causavam medo quando criança? Não precisar ser necessariamente uma lenda, pode ser qualquer coisa que te fazia olhar embaixo da cama e dentro do armário antes de ir dormir. 
 
Desde pequena, sou muito emotiva e transparente, não consigo esconder meus sentimentos. Portanto, nunca segurei o medo com a intenção de parecer corajosa perante os outros.

Respondendo à pergunta e já sabendo que este post será curto, eu digo que eu tinha um boneco Fofão no meu quarto, e no começo foi tudo bem. Mas meu pai começou a usá-lo para me dar sustos pelas janelas da casa (que pai faz isso, gente?!) e eu comecei a jurar que via os olhos dele brilhando malevolamente durante as noites, comparando-o ao Chuck, o boneco assassino.



Passei a ter insônia, a não querer mais dormir no meu quarto, até que minha mãe, sabiamente, resolveu doá-lo e acabar com tudo aquilo. Mas até hoje os dois me parecem ter muita semelhança...


Outra coisa que não me causava exatamente medo, mas também não me passava nenhuma alegria, eram os palhaços. Nunca vi graça neles, e achava bizarro. Mas não sou daquelas que choram ao ver um deles, a não ser que ele tenha uma cara meio suspeita.

Até hoje, de um modo geral, o gênero terror me causa muito medo e eu não assisto, no máximo leio, e mesmo assim fico arrepiada!

Bom, é isso! E vocês? Compartilhem seus medos de infância conosco, nos comentários.

Beijos.


Postado por


13 comentários :

  1. Put!!! Eu morria de medo do Fofão quando era criança!!! Não chegava nem perto desse boneco!! Hahaha...
    A minha prima tinha um no quarto dela, e eu só entrava lá quando a minha tia o guardava no armário dela. Hahaha

    Adorei o texto!! Parabéns!!
    Beijos.
    Café com Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Helena! São medos meio "insanos", e eu sei que esses dois bonecos quase não têm semelhanças, mas mesmo assim eu os comparava...
      Obrigada pela visita!
      Beijos.

      Excluir
  2. Oi Amanda. Eu tbm tinha medo de bonecos. Mas não quando eu brincava com eles e sim quando estava dormindo. Pq na época rolou um botão no colégio que uma menina morreu sem explicação e na mãozinha da Barbie estava a pele da pálpebra da menina. Aí diziam que foi a boneca. Isso os alunos iam repassando. Olha só que doido. Desde esse dia eu fechava os olhos e e ia abrindo devagar, olhando para as minhas bonecas pra ver se elas se mexiam haha. Ainda bem que continuaram paradinhas kkkk. Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabrina, meu Deus!! Se eu ouvisse essa história da Barbie, nunca mais chegaria perto de uma! Se bem que eu só tinha uma, meu negócio era brincar com carrinhos, rs.
      Beijos.

      Excluir
  3. O pai que assusta a filha é o mesmo que tem coragem de dar um monstro destes em forma de boneco, caraca, esse fofão é arrepiante, preferia muito mais um boneco do Chuck do que essa coisa enrugada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostava de assisti-lo na TV, mas como boneco, era totalmente assustador. De dia nem tanto, mas quando chegava a noite...
      Até hoje o Chuck me causa medo, assim como quase tudo relacionado a terror ou suspense.

      Excluir
  4. Fofão! Menina, que pai é esse??? Queria um desses, iria gostar bastante! Haha Tenho uma amiga que tem um medo danado de Palhaço! Meus, deve ser horrível!

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também me pergunto isso, viu! Ao invés de passar segurança, gostava de me assustar. E com meus brinquedos! Rs. Mas tenho que defendê-lo, ele também ligava pra casa imitando o Pato Donald.
      Beijos!

      Excluir
  5. Oi Amanda!
    Apesar de gostar muito de filmes e livros de terror (incluindo o Chuck), nunca gostei do Boneco Fofão (não tive), era uma coisa sem sentido msm. Tb nunca gostei de palhaços, sempre achei que eram pessoas muito tristes, daí eu assisti IT, de Stephen King e danou-se tudo!
    Parabéns pelo post! um beijo!
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nuccia, eu tenho o It para ler aqui em casa, mas duas coisas me desanimam: a grossura extrema do livro com aquela letra minúscula e páginas finíssimas, e o fato de eu ter uma noção do que encontrarei por lá, tenho medo de ficar paranoica!
      Beijos.

      Excluir
  6. Oi, Amanda!
    Sabe que eu também acho o boneco Fofão bastante semelhante ao Chuck? Ainda bem que só depois de adulta que eu percebi isso! hehehehe... E sobre palhaços, compartilho do mesmo medo... Já leu ou assistiu a It: a coisa, de Stephen King? O palhaço Pennywise é a causa do meu medo de palhaços!
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, acho que você é a primeira que concorda comigo quanto à semelhança deles! Eu tenho It: a coisa, aqui em casa, mas por ser terror e extremamente grosso, estou postergando bem a leitura. Quem sabe um dia, não?
      Já consigo ler thriller psicológico sem desmaiar ou morrer de medo, só me sentindo ligeiramente nauseada, rs.
      Beijos.

      Excluir