.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 29 de maio de 2016

RESENHA #22: GAME OF THRONES 6X05: THE DOOR


Boa noite, Historiadores!

O último episódio exibido de Game of Thrones, o 5º desta temporada, foi ao ar domingo passado, e hoje eu trago minha opinião e breve resumo sobre ele.

Tentei modificar ao máximo a forma de me expressar, mas ainda assim pode conter SPOILERS. Então, só leia se já assistiu ou se não se importa de saber detalhes antes de ver.

Sansa recebe um recado de Mindinho, para que o encontre. Logicamente, ela o culpa por tudo de ruim que aconteceu em sua vida desde que ele a entregou numa bandeja para os Bolton. Através dele, ela obtém uma informação importante, a qual repassa para Jon, sem citar a fonte. Acho que, no fundo, ela não o aceita verdadeiramente como seu irmão e, talvez, só queira usá-lo para sua vingança e recuperar seu lar.



Arya continua lutando pateticamente, mesmo tendo recuperado a visão. Ainda assim, Jaqen lhe dá uma última chance, através de uma missão. Porém, tenho o pressentimento de que ela não conseguirá cumpri-la, parte por não achar correto, parte porque outra pessoa parece merecer mais a morte: um ator que imitava seu pai em uma peça, fazendo-o parecer alguém ganancioso, que almejava o trono.

Bran acaba por descobrir os responsáveis pela criação dos Caminhantes Brancos, através de uma visão verde. Foi realmente uma grande revelação!



Theon apóia sua irmã pelo trono das Ilhas de Ferro, porém ela não é a única a querê-lo. Terá que disputar com seu tio Euron, assassino confesso de seu pai. Euron tem ideias bem curiosas de como conquistará toda Westeros, e deixarei que vocês analisem se são possíveis ou mera loucura/ganância/pretensão em demasia.



Daenerys descobre a doença de Jorah e ordena que ele procure uma cura e regresse para ela. Tyrion recebe Kinvara, a Sacerdotisa do Templo Vermelho de Volantis. Varys parece cético quanto a sua utilidade, mas sua expressão vai mudando para o horror conforme ela vai revelando coisas de seu passado que ninguém além dele deveria saber. Uma aliada um tanto quanto peculiar.

Bran comete a imprudência de se aventurar por uma visão verde sem a companhia do Corvo de Três Olhos. Nesta visão, ele anda por entre cadáveres reanimados pelo Rei da Noite, e este, além de vê-lo, o toca. Isto lhe dá “permissão” para invadir a caverna onde Bran e seus amigos estão. Não contarei mais, mas o desfecho desse episódio revelará o porquê do nome Hodor e como ele chegou a ser quem é.



Foi o episódio mais comentado, creio que até mais ou equivalente ao episódio em que Jon volta à vida. Mas, sinceramente, fiquei chateada por saber que o episódio vazou e muitas pessoas se sentiram no direito de comentar tudo o que havia ocorrido. Além disso, não sei se são as pessoas que estão muito sensíveis ou se sou eu que ando durona, rs. O episódio foi sim revelador e emocionante, mas não me levou às lágrimas, como parece ter ocorrido com a maioria.

Enfim, ansiosa pelo 6º episódio hoje à noite.


Por Dentro do Episódio:



Próximo Episódio: Blood of my Blood



Postado por


Nenhum comentário :

Postar um comentário