.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 26 de maio de 2016

RESENHA #75: DE REPENTE, ANA, DE MARINA CARVALHO

Ficha Técnica

Título Nacional: De Repente, Ana (Skoob
Série: Simplesmente Ana – Livro 2
Autora: Marina Carvalho
Editora: Novas Páginas (Novo Conceito)
Ano: 2014
ISBN: 9788581635354
Páginas: 320
Formato: 16,0 X 23,0  cm
Acabamento: Brochura
Gênero: Ficção, Romance





Sinopse

Ana decidiu viver permanentemente na Krósvia, e tudo está às mil maravilhas. Além do namoro cada vez mais sério com Alexander, ela tem um emprego fixo na embaixada brasileira e dedica parte de seu tempo às meninas do Lar Irmã Celeste.
Mesmo cumprindo tantos compromissos sociais como princesa, Ana nunca foi tão feliz. Porém, de uma hora para outra, tudo muda. Seu pai, o rei Andrej Markov, sofre um grave acidente e vai parar na UTI. Não resta alternativa: Ana vai ter que assumir o trono da Krósvia e governar a nação.
Pouco – ou quase nada – familiarizada com a função, ela vai precisar de ajuda não só para reger o seu país, mas também para manter perto de si aqueles que ama. Muita gente está interessada no seu fracasso.


Opinião

Este livro é a continuação de “Simplesmente Ana” (resenha AQUI) e pode conter SPOILERS do livro anterior.   

Ana e Alexander mantêm um relacionamento há mais de 2 anos e, em meio a uma viagem do casal, Ana sonha com a morte de seu pai. Pouco depois, recebem a notícia de que Andrej sofreu um acidente de helicóptero e está no hospital. Em vista disso, a protagonista não tem nem chance de respirar ou ficar ao lado de seu pai, pois é uma obrigação atrás da outra, assim que ela assume o trono.

Marcus, marido de sua tia Marieva, e Laika, ex-namorada de Alex, começam a atormentar sua vida também. Parece que a vida das princesas reais não é como a das princesas da Disney, ou ao menos é isso o que Ana fica repetindo constantemente. 

Narrado em primeira pessoa, neste livro Marina Carvalho introduz o ponto de vista de Alexander, então temos capítulos alternados entre Ana e Alex, e o mais bacana é que os capítulos dela possuem a página amarelada, e os dele, página cinza, ajudando a identificar visualmente de forma rápida.

Porém, preciso ser sincera e dizer que, se no livro anterior, que mostrava só o POV de Ana, eu gostava de Alex, neste ele não me ganhou. Achei o relacionamento dos dois fora do mar de rosas que Ana quer fazer parecer. Eles mais brigam do que se dão bem, e apesar de não ser explícito, muitas das provocações e “chantagens” entre o casal são baseadas em sexo. Além disso, as partes de Alex são pouco convincentes, utilizando gírias brasileiras e muito informais para alguém que tem conhecimento do português só há 2 anos e é da Krósvia.

Enfim, este livro foi um pouco decepcionante, e nem me estenderei muito na resenha. Marina Carvalho é uma pessoa querida, atenciosa, mas seu livro não me agradou. Ainda tenho "Elena", da mesma série, e "O Amor nos Tempos do Ouro" para ler, e espero que o estilo seja diferente. Só recomendo a leitura para quem realmente gosta desses livros românticos que não acrescentam nada relevante.


Frases Marcantes

“Afundei no banco de couro, ciente até demais de que a vida não avisa a hora em que vai dar uma bela rasteira na gente.”

“Minha avó vivia proclamando pelos cantos que a ignorância é o melhor caminho para a felicidade. Sempre retruquei. Afinal, a falta de conhecimento faz das pessoas cordeirinhos das outras. Mas eu estava começando a pensar na hipótese de concordar com vovó. Como gostaria de voltar a enxergar a realeza dos contos de fadas da Disney!”


Capa e Diagramação



A capa é bonita, especialmente o título, que é envernizado, assim como o nome da autora. Os capítulos iniciam sempre numa nova página, com o número correspondente e o título do capítulo. As páginas, que são amareladas (exceto as do POV de Alex, que são cinzas), têm na parte superior o nome da autora (páginas à esquerda) e o nome do livro (páginas à direita), um detalhe que deu um charme a mais. Possui orelhas.
As letras têm um bom tamanho, o espaçamento é bom e a numeração das páginas é no centro, na parte inferior. Contei 6 erros de digitação/revisão, mas que não chegam a prejudicar a leitura.


Nota



Autora

Marina Carvalho é professora, jornalista e mãe. Passa os dias diante de um objeto plano e retangular, seja o quadro negro da escola onde trabalha ou a tela do computador. Escrever é uma de suas maiores alegrias.
Sempre foi uma ávida leitora. Está sempre com um livro debaixo do braço e outro na cabeceira da cama: eles são seus companheiros de todas as horas. Quando criança devorava as revistinhas da Turma da Mônica.
Formou-se em Jornalismo pela PUC-Minas e exerceu o cargo de assessora de comunicação. Hoje é professora de Língua Portuguesa e Literatura, não à toa, já que morre de amores pelas palavras. Simplesmente Ana é seu livro de estreia.


Onde Comprar



O livro faz parte de nosso acervo pessoal. A resenha realizada aponta pontos positivos e/ou negativos encontrados pelo autor do post no decorrer da leitura. A opinião do autor é pessoal e independente da editora e/ou autora do livro.




Postado por


2 comentários :

  1. Oi, Amanda.
    Eu tenho o primeiro livro dessa série, mas desanimei quando uma das meninas leu e também não gostou.
    Talvez um dia eu o tire da pilha imensa de livros que eu tenho para ler,rs.
    Obrigada por participar do #desafioalfabetoliterario
    bjs,
    Luana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luana.
      Realmente não é dos melhores, mas a leitura é rápida. De repente para você será uma leitura bacana...
      Beijos.

      Excluir