.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

segunda-feira, 20 de junho de 2016

RESENHA #25: GAME OF THRONES 6X08: NO ONE


Boa noite, Historiadores!

O 8º episódio desta 6ª temporada de Game of Thrones foi marcante para mim, apesar de não ter sido excepcional. Trago minha opinião e breve resumo sobre ele.

Tentei modificar ao máximo a forma de me expressar, mas ainda assim pode conter SPOILERS. Então, só leia se já assistiu ou se não se importa de saber detalhes antes de ver.

Lady Crane encontra Arya ferida em seu camarim, e passa a cuidar da garota Stark. Descobrimos, então, que apesar de boa atriz, ela tem seu passado podre, como quase todos os personagens da série.

Cão de Caça, por incrível que pareça, consegue se vingar dos homens que assassinaram o povo ao qual ele havia se juntado e toma uma decisão totalmente inesperada, aliando-se a alguém que ele já matou uma vez (sim, é isso mesmo, ele se alia a Beric Dondarrion).

Tyrion crê que seu pacto com os escravagistas vai de vento em popa, mas será surpreendido duplamente com um ataque e com a volta de Dany.

Cersei é convocada para ir conversar com o Alto Septão, porém se nega e a cena acaba em sangue. Seu filho (olha, tô odiando tanto quanto a Joffrey, mas porque este é um estúpido, bobalhão) toma uma decisão que em muito prejudicará a mãe, e ela fica de queixo caído quando descobre. Obviamente, há a mão de Margaery nisto tudo.



Brienne reencontra Jaime, e é com estranheza e certa dificuldade que eles mantêm uma conversa, pois estão em lados opostos, apesar de saberem da lealdade de um para o outro com relação à promessa que fizeram lá atrás, a Catelyn. Fica claro que, especialmente ela, gostaria de tê-lo ao seu lado, pois confia em sua palavra, mesmo seu passado depondo contra ele. Aliás, o Jaime virou um baba-ovo da Cersei na série, esperava mais brio de seu personagem.



Edmure é praticamente obrigado por Jaime a entrar no castelo e rendê-lo. É o fim da linha para o Peixe Negro, não sem uma boa luta.

Para mim, a cena que deveria ter finalizado o episódio foi da despedida entre Brienne e Jaime. Mesmo lutando por causas distintas, eles demonstram um real sentimento e respeito um pelo outro. Porém, o que estava por vir ao final do episódio...

Lady Crane é assassinada por aquela mala da Casa do Preto e Branco e ela sai correndo atrás de Arya, totalmente determinada a aniquilá-la (eu nunca entendi a motivação, se é ódio gratuito ou raiva por ela ter sido rica anteriormente, mas se alguém souber, deixe nos comentários). O nome de Arya foi prometido ao Deus de Muitas Faces. A perseguição parece que terminará de forma mortal para ela, já ferida, porém o jogo sempre pode mudar. Afinal de contas, isto é Game of Thrones e ela NÃO é Ninguém!  


Não chegou a ser o melhor episódio da temporada, porém alguns momentos foram bastante marcantes, em minha opinião. É como se os personagens estivessem se ajeitando para tomar seus caminhos definitivos.


Assistirei ao que foi ao ar ontem em breve, e logo conto o que achei!


Por Dentro do Episódio:



Próximo Episódio: Battle of Bastards



Postado por


Nenhum comentário :

Postar um comentário