.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

terça-feira, 21 de junho de 2016

RESENHA #79: TEMPORADA DOS OSSOS, DE SAMANTHA SHANNON

Ficha Técnica

Título Nacional: Temporada dos Ossos (Skoob)  
Título Original: The Bone Season (Goodreads)  
Série: Bone Season – Livro 1
Autora: Samantha Shannon
Editora: Fantástica Rocco (Rocco)
Ano: 2016
ISBN: 9788568263075
Páginas: 448
Formato: 15,8 X 22,6  cm
Acabamento: Brochura
Gênero: Distopia, Fantasia, Ficção Científica, Romance, Young Adult



Sinopse

O ano é 2059. Até onde seu pai sabe, Paige Mahoney é funcionária de um dos vários bares de oxigênio espalhados pela cidade.
Seria perigoso deixá-lo a par de sua ligação com o submundo, onde ela trabalha para um poderoso mime-lorde chamado Jaxon Hall. Sua função: invadir a mente de outras pessoas para conseguir informações.
Paige é uma andarilha onírica – e, no governo opressor de Scion Londres, sua simples existência já configura uma traição.
No dia em que sua vida muda para sempre, está chovendo. Paige é perseguida, drogada e levada para Oxford – um lugar controlado pelos Rephaim, uma raça antiga e ameaçadora, com desígnios misteriosos para ela.
Nessa prisão inescapável e sob a guarda de um dos mais poderosos Rephaites, Paige precisará explorar os limites do próprio poder e aprender a confiar em aliados improváveis para evitar sujar as mãos de sangue e tentar lutar por sua liberdade.


Opinião

Este livro me conquistou já de cara, por vários fatores: a capa linda, a sinopse instigante, a comparação com J. K. Rowling, por ser fantasia e da Rocco. Mas vou tentar passar para vocês que ele é muito mais do que somente uma linda aparência e ideia.

Paige Mahoney é uma jovem de 19 anos que vive em Scion Londres, praticamente em uma vida dupla. Enquanto seu pai trabalha para Scion, ela trabalha como concubina de um mime-lorde chamado Jaxon Hall, que quer os melhores clarividentes a seu lado. É a forma que ela encontra de sobreviver, sendo protegida por um grupo, e ainda ganhando muito bem para isso. Entretanto, tudo o que ela faz junto aos outros 6 companheiros, formando o grupo Sete Selos, é terminantemente proibido e combatido por Scion. Combatido, curiosamente, por outros clarividentes que trabalham para aqueles que querem exterminá-los.

Paige é uma andarilha onírica, um tipo muito raro de clarividente. Ela consegue invadir a mente das pessoas e está somente descobrindo as inúmeras possibilidades que isto representa, e o quão perigoso pode ser sair de controle, para ela e para os outros. Tanto é que, logo no começo, acontece sua captura por sub-guardas e seu destino é uma torre, na qual conhece inúmeros clarividentes também prisioneiros e segue para um lugar antes desconhecido e descobre que, na verdade, o Governo opressor de Scion pode não ser o maior dos problemas.

Os Rephaim são uma raça misteriosa e poderosa que maltrata os clarividentes que chegam a Oxford, a cada 10 anos, em uma nova Temporada dos Ossos. Eles já dominam a Terra por 200 anos. Portanto, Paige chega na Temporada dos Ossos XX. Ninguém fora desta “comunidade”, a não ser os poderosos de Scion, sabe da existência deste ameaçador controle, e muito menos que, teoricamente, eles protegem todos os humanos dos Emim (também conhecidos por Zumbidores), seres esquisitos e que gostam de degustar a carne humana.

O livro é narrado em 1ª pessoa e um pouco arrastado em seus 4 primeiros capítulos, mais ou menos, pois são praticamente introdutórios de todas essas informações que sintetizei, e muitas mais. Demora até engrenar nos detalhes deste novo mundo, porém garanto que vale super a pena! A comparação com a querida J. K. Rowling é interessante num primeiro momento, mas posso afirmar que Samantha Shannon possui um imenso brilho próprio. Ela é criativa, talentosa e consegue nos prender mais a cada página virada.

Você vai odiar Nashira Sargas (e outros), vai compreender os receios e acompanhar o aprendizado de Paige e, se for como eu, vai amar Arcturus Mesarthim/Mestre  mesmo sentindo dúvidas de se ele merece sua devoção  e a relação que ele desenvolve com a humana que reivindicou.    

Uma narrativa inteligente, rica e que mexe com os sentidos. Meu único arrependimento? Não ter o segundo volume (dos 7 previstos) já em mãos! Mais do que recomendado, é praticamente obrigatório ler, em particular para os amantes da fantasia de qualidade. Ah, e eu amaria se virasse filme ou série (tomara que já esteja em projeto!).


Frases Marcantes

“E, como Jax sempre dizia, é melhor ser um fora da lei do que um presunto.”

“Todas as pessoas tinham um plano onírico, a bela miragem dentro da mente delas.”

“ — Conhecimento é poder – disse Julian. — Eles têm poder. Nós, não.
— Você está errado, irmão. O conhecimento é perigoso. (...) Depois que você sabe de uma coisa, não consegue se livrar disso. Tem que carregar a informação. Para sempre.”

“Não posso lhe dizer isso. Isso é confiança, Paige. Não ter certeza se deve confiar.”


Capa e Diagramação



A capa é toda em soft touch, trabalhada no azul com detalhes em preto, vermelho e branco, além do título ser dourado brilhante. Os capítulos sempre se iniciam em uma nova página, que são amareladas. Possui orelhas.
O tamanho da fonte é pequeno e o espaçamento é bom, a numeração das páginas fica no centro, na parte inferior. A diagramação é simples e bonita. Não me recordo de nenhum erro na revisão/digitação, um ótimo trabalho da editora.


Leia um Trecho



Book Trailer



Nota



Autora

Samantha Shannon nasceu na zona oeste de Londres em 1991 e começou a escrever quando tinha quinze anos. Estudou Língua Inglesa e Literatura na Faculdade de St. Anne, Oxford, e seu primeiro livro, Temporada dos Ossos, fez tanto sucesso que a autora foi considerada a nova J. K. Rowling. A série Bone Season foi publicada em mais de vinte países. 



Onde Comprar



O livro faz parte de nosso acervo pessoal. A resenha realizada aponta pontos positivos e/ou negativos encontrados pelo autor do post no decorrer da leitura. A opinião do autor é pessoal e independente da editora e/ou autora do livro.


Postado por



2 comentários :

  1. Adorei a resenha. Tenho este livro e estou adiando o começo da leitura há mais de uma mês já, e nem sei porque... Vamos ver se agora me animo e consigo ler em julho.
    bjs

    livroslapiseafins.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diovana, se você for como eu, ficará ansiosa pelo próximo volume!
      Leia sim, é muito muito bom.
      Beijos.

      Excluir