.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 4 de março de 2017

RESENHA #128: A GAROTA DO CALENDÁRIO - DEZEMBRO, DE AUDREY CARLAN

Ficha Técnica

Título Nacional: A Garota do Calendário – Dezembro (Skoob)  
Título Original: Calendar Girl: December (Goodreads
Série: A Garota do Calendário – Livro 12
Autora: Audrey Carlan                  
Editora: Verus – Grupo Editorial Record
Ano: 2016
ISBN: 9788576865339
Páginas: 160
Formato: 20,8 X 13,4 cm
Acabamento: Brochura
Gênero: Romance, Erótico/Hot
Recomendação: 18+


Sinopse

Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser. Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...
Em dezembro, Mia irá a Aspen, a estação de esqui mais celebrada pelos americanos endinheirados. Um homem misterioso pagou uma bolada para que ela fosse até lá. E o que Mia vai encontrar nas montanhas geladas vai mudar sua vida para sempre.


Opinião

Este livro é o décimo segundo (e último) da série “A Garota do Calendário” e pode conter SPOILERS dos livros anteriores. Leia as resenhas de Janeiro, Fevereiro, Março, Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro e Novembro.

Mia já começa bem, num chalé da família de Wes, em Aspen. Mas ela e Wes não estão lá somente para aproveitar bons momentos, e sim porque um homem chamado Kent Banks fez uma grande doação para o programa em que Mia trabalha, em nome de artesãos da região, em troca de divulgação. Mas tudo parece, de certo modo, misterioso demais...

Wes continua em seu processo de cura, se recuperando positivamente de seus traumas e tentando dar a volta por cima. O conceito de família é cada vez mais e mais importante para Mia e seu parceiro, envolvendo todos os que ela conheceu ao longo de sua jornada.

Finalmente ela consegue se desprender de algumas amarras relativas a seu pai, mas, ao mesmo tempo, deverá encarar definitivamente seu último fantasma do passado, para que, enfim, possa dar esse grande passo rumo ao futuro a dois.

Não posso falar muito mais do que isso, a não ser que esta foi uma série que realmente me fascinou, pois além de sair dos gêneros que mais leio, é bem escrita e não é um simples erótico, possui uma história por trás. Claro que tem toda aquela idealização do sexo, como não poderia deixar de ser, mas é algo mais palpável, o que me agradou.

Com certeza recomendarei a todos que queiram uma leitura mais descompromissada, sensual e, ainda assim, tirar um ou outro ensinamento, a começar que o final de uma jornada pode muito bem ser o começo de outra!

     
Frases Marcantes

“ — A arte tem o poder de fazer isso. Abrir a alma e deixar a luz entrar, quando antes só existia escuridão.”

“ — Se esconder para tentar lidar com isso não é errado. Se esconder para sempre, sem pensar no que foi perdido, é. Eu acho que você sabe o que precisa fazer.”

“ — Eu acredito que o amor cresce e continua crescendo com cada pessoa para quem você dá. É como plantar uma semente. Quanto mais você rega e alimenta, mais provável é que se transforme em uma bela árvore. A partir dessa árvore, os ramos vão crescer e as folhas vão cair, mas, quando as estações mudarem, folhas novas e mais galhos vão surgir. Assim como no amor.”

“ — A vida e as nossas experiências mudam a nossa forma de olhar para fora, mas nunca vão mudar quem nós somos por dentro.”


Capa e Diagramação


A edição é menor do que um livro “normal”, mas não chega a ser pocket (livro de bolso). A capa não é das minhas preferidas, muito pelo contrário, mas entendo o significado da cor branca. Os capítulos iniciam sempre numa nova página, com o número correspondente e uma figura que me parece uma pimenta. As páginas são amareladas e possui orelhas.
A fonte das letras e o espaçamento são bons. A numeração das páginas é no centro, na parte inferior. Encontrei somente um erro de digitação/revisão.


Book Trailer



Nota



Autora

Audrey Carlan escreve histórias de amor criadas para proporcionar aos leitores uma experiência sexy e romântica. Além de A garota do calendário, ela é autora das séries Falling e Trinity. Seus livros já figuraram nas listas de mais vendidos de jornais como New York Times, Washington Street Journal e USA Today.
Audrey mora na Califórnia com o marido e dois filhos. Quando não está escrevendo, ela gosta de praticar ioga, tomar uma taça de vinho com as amigas e ler romances picantes.

Onde Comprar



O livro faz parte de nosso acervo pessoal. A resenha realizada aponta pontos positivos e/ou negativos encontrados pelo autor do post no decorrer da leitura. A opinião do autor é pessoal e independente da editora e/ou autora do livro.


Postado por




Nenhum comentário :

Postar um comentário