.
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 23 de abril de 2017

RESENHA #35: VERSÕES DE UM CRIME

Ficha Técnica

Título Nacional: Versões de um Crime
Título Original: The Whole Truth
Lançamento: 09 de Março de 2017 (1h34min)
Dirigido por: Courtney Hunt
Com: Keanu Reeves, Renée Zellweger, Gugu Mbatha-Raw, James Belushi, Gabriel Basso
Nacionalidade: EUA
Gênero: Drama, Suspense









Sinopse

Quando um adolescente é acusado de assassinar o pai rico, um advogado (Keanu Reeves) é encarregado de defendê-lo no tribunal e revelar a verdade por trás do crime. À medida que investiga, descobre que a mãe do garoto (Renée Zellweger) está ocultando diversos fatos essenciais ao caso.


Opinião

Mike está sendo julgado por assassinar seu pai, um rico empresário. Loretta, sua mãe, vende a imagem de uma esposa submissa, humilhada e oprimida pelo marido, que além de tudo, a trai em suas inúmeras viagens. Ramsey será o advogado, amigo de longa data da família e uma espécie de pupilo de Boone, o homem assassinado. Como Mike se recusa a falar com o advogado, Ramsey contrata Janelle para analisar o jovem e também prestar atenção nas mentiras contadas pelas testemunhas, para que assim eles consigam inocentar o rapaz.

Esta é a premissa básica de “Versões de um Crime”, que se passa praticamente inteiro dentro do tribunal. Ao mesmo tempo em que as pessoas testemunham, vemos flashbacks de como as coisas de fato se deram. A investigação da polícia é totalmente falha, já que Mike assumiu a autoria do crime desde o começo. Portanto, não há espaço para a imaginação, tudo é entregue mastigado, sem provas ou grandes explicações.

As atuações de Keanu, Renée e Gugu foram muito boas, porém não chegaram a ser suficientes para tirar aquela sensação de um filme arrastado, sem surpresas. Dá para saber que haverá uma reviravolta no caso e quando ela acontecerá. É um filme mediano, nada mais do que isso.    

Por fim, a lição que fica é: mesmo os melhores mentirosos podem levar uma rasteira...




Trailer



Nota  



Postado por




Nenhum comentário :

Postar um comentário